Novidades

Exploesiva: Poesia Digital



Exploesiva explorará a linguagem que não é linear, chamada de ‘explosiva’, trabalhada através de dispositivos digitais. O conceito de linguagem (poesia) explosiva remete aos concretistas, segundo Ricardo Araújo¹,que, somada às hipermidias oferta ao artista contemporâneo o momento histórico de criar em um ambiente nunca antes explorado. Para termos um exemplo do mundo em aberto, basta olharmos o vídeo Cinco Poemas Concretos, de Christian Caselli, e imaginarmos o que teriam os próprios poetas (Augusto de Campos, Pignatari, e outros) criado tendo como opção não apenas o seqüênciamento de imagens, mas também dispositivos que permitisse a interação entre signos.


Acredito ser um dever de sites que se prestem a divulgar literatura voltar seus olhos também para a produção em hipermídias e novas escrituras. Não que não seja dever de outros que pretendam divulgar literatura, mas sites são plataformas ideais por conseguir abrigar quase tudo que é feito em ambiente digital.

Por isso dessa seção.

Em um primeiro momento divulgaremos produções, mas o objetivo é que num futuro próximo esse espaço exponha também textos teóricos e promova debates acerta do que foi feito, do que está sendo feito e do que pode ser feito, liricamente, com dispositivos digitais.

É lógico que esse processo de expansão - escrita expandida - não se dá apenas pela propagação do conhecimento desta tecnologia, difusão de uma cultura digital, mas pelo uso desta como manifestação do fazer hipermidiático, levado adiante pelos artistas, poetas, filósofos, educadores e muitos outros que encontraram nesses softwares de autoria uma nova forma de se fazer compreender ou experimentar. Hoje, a forma de difusão dêmica é dada de maneira não somente presencial – tumbleweed -, mas também a minha presença migratória se faz pela linguagem que proponho ao outro poder navegar, ou melhor, potencialmente escrever, interferir na minha escrita.”²


¹ARAÚJO, Ricardo. POESIA E PÓS-MODERNIDADE em O pós-modernismo, de J. Guinsburg e Ana Mae Barbosa. Editora Perspectiva, 2008
² AZEVEDO, Wilton. POÉTICA DAS HIPERMÍDIAS, UMA ESCRITURA EXPANDIDA




ARTISTA: WILTON AZEVEDO
ATAME POETRY



Fonte: YouTube
"Part of the ATAME hypermedia performance."


Links de Wilton Azevedo:

Sesc Dossier: clique aqui.
Youtube: Clique aqui





ARTISTA: WELLINGTON SOUZA
HELENA FEBRIL.





Helena Febril. Poesia Digital, por Wellington Souza para mostra na aula de encerramento do curso Poesia Digital - Uma Nova Escritura ministrado pelo prof. Dr. Wilton Azevedo no Espaço Haroldo de Campos (Casa das Rosas). São Paulo, Sp, Brasil.

Créditos: Música: Baden Powell - Lembranças
Poema: Wellington Souza
Vozes: Letícia Soares e Wellington Souza

Links de Wellington Souza
Blog: clique aqui.
Benfazeja. clique aqui





ARTISTA: A. STRID
NousOV - extrait - 1 vidéo-poème





Fonte: YouTube


Links de A. Strid
Youtube: clique aqui

Nenhum comentário