Novidades

Exploesiva: trabalhos



Poesia Digital, por Wellington Souza.

Para saber um pouco mais sobre a proposta dessa seção do site, clique aqui.




Os três vídeos apresentados aqui têm uma característica em comum: o uso médio e baixo de softwares para escrituras. O processo mais elaborado é apresentado no primeiro trabalho (as partículas que 'bailam' enquanto a música é executada - mas, contudo, sem interagir de forma programada, ou lógica, com ela). Os demais são experimentos que exigiram mais da criatividade do que do domínio técnico e servem de inspiração para entusiastas no ofício. 

Assim, ainda explorando as possibilidades na linguagem poética não-linear, outros três vídeos foram escolhidos para a segunda seção Exploesiva.



*


Fita Amarela, por Leandro Araújo



O primero, ganhador do prêmio Bravo! de arte digital. Muito provável que o prêmio tenha ido ao Leandro Araújo pela bela sincronia e linearilidade entre imagem (alegoria) e música (o artista Noel Rosa era o homenageado do concurso). Mas, nesse trabalho, o que me chamou a atenção (e a de todos que procuram poesia em qualquer dispositivo) foi a dança das partículas e modo como ela foi gerada. Analisando o resultado final é muito difícil precisar o processo de criação, mas não deveríamos nos espantar caso o autor revelasse ter sido obtido através de softwares usados na área da física e/ou química. Um programa "popular" capaz de gerar tal processo é o Mathematica 7.0.

Independente do modo de como foi gerado, o resultado mereceu prêmio!






"Vencedor 6° prêmio Bravo! de arte digital.

O artista mineiro Leandro Araújo foi o vencedor da categoria Arte Digital na 6ª edição do Prêmio Bravo!. Leandro recebeu o prêmio pelo vídeo desenvolvido para a releitura da canção “Fita amarela”, de Noel Rosa, homenageado pelo evento. Apesar de esta ser a 6ª edição da premiação, trata-se da primeira vez em que há uma categoria específica para a arte digital. A seleção do vencedor foi realizada pelo... (continue lendo) "





*
Amanhecer, por Wellington Souza.


O segundo vídeo é de minha autoria. Ainda experimentando efeitos de sobreposição de imagens e o uso de fontes não-padronizadas, nesse trabalho utilizei um poema 'conciso' como mote e vídeo gravado a partir de uma câmera portátil simples (640x480). A maior parte do labor executei no software Sony Vegas 10 e as fontes, em editor de imagem.

O vídeo trata da luta contra um mau impossível de ser banido. A imagem mitológica do Cristo que em toda páscoa (festa da chegada da primavera, onde o mundo reacende após o inverno) termina o seu sacrifício, ressuscita, e iniciá-lo infinitamente foi a que melhor encontrei. O silêncio sepulcral rompido por vozes desordenadas completa a obra.


Amanhecer

Wellington | Myspace Video


Poesia-digital para a seção ExploEsiva do site http://benfazeja.com

Produção, poema e video: Wellington Souza


*


Multitubetextura - 3rd movement, por Márcio André.

Essa obra performática de Márcio André foi escolhida por, entre outros motivos, ser um belo exemplo de como se pode fazer arte digital sem o uso de softwares em todos os arranjos. A proposta dessa performance é dialogar com exibições "tradicionais" (2D) e, principalmente, sem interação, de vídeos e obras concluídas (fechadas) e entregues ao público.

O artista se valeu da força que a marca youtube impõe para, com a habilidade poética impár, desconcertá-la e mostrar sua finitude  ante os movimentos e expressões da bailarina. E essa crítica extravasa a marca e inunda todas as mídias que fazem do homem mero (tele-) espectador e sedentário.

E ao 'upá-la' no próprio youtube, a obra se torna metalingüística e, por isso, mais ainda mais rica.

Já o som é um show à parte.






MULTITUBETEXTURA performance, by Marcio-Andre, featuring the Turkish dancer Seyhan Baysoy. Presented at Fabrica Braco de Prata (Lisbon), on July 22, in Epipiderme festival of performances.

MULTITUBETEXTURA is a poliaudiovisual experiment, whose principle is the use of the interface of a website to cluster a list of youtube videos to run simultaneously. Each Multitubetextura is a separate and interactive poem.

Play yourself Multitubetextura: http://www.marcioandre.com/multitubet...

More info: http://www.marcioandre.com


*

Considerações finais
Nessas três obras, procurei mostrar como é possível fazer obras com uso baixo e médio de softwares e, no final, termos em mãos (ou no monitor)

Leitor, por que não experimentar dar movimento às suas poesias? Há ótimos softwares livres para editar imagens e há até que o faça com o PowerPoint (pacote Office)... caso "arrisque" fazer, envie para o nosso email, OK?



*
Coordenador da seção: Wellington Souza.

Créditos da imagem: Comunidade Literária Benfazeja.

Nenhum comentário