Novidades

Poemas Urbanos, Daniel Moreira


blog do autor

SORTEIO!
Deixe um comentário respondendo à pergunta e concorra a um exemplar do livro autografado pelo autor!

O QUE HÁ DE MAIS POÉTICO NA SUA CIDADE??

Sorteio dia 22/02!!

Participe e divulgue!

P.S.: estamos com problemas para realizar comentários com a conta google. Por favor, utilizem 'Nome / URL' ou outra forma qualquer e informem um link de pessoal em rede social. Por exemplo, o link da sua página no facebook, twitter ou no orkut.
Agradecemos a compreensão!


Palavras do Editor:


Daniel Moreira chega aos 30 anos e ao seu primeiro livro – dois eventos importantes na vida de um homem. A árvore, por certo, já plantou várias. Por isso, em seu percurso humano, conquista muitas décadas a percorrer e brilhar.

Sua emoção incursiona pelo clássico, confessando no soneto a angústia pela amada ausente. No verso livre, também brilha: “Todas as noites a solidão serve meu cálice” e faz dos momentos noturnos e de todas as estações do dia sua peregrinação, buscando amor e luz: “Saí por aí a vagar sem rumo, / Icei a vela e deixei o vento me levar. / Depois de tudo aconteceu, / Fiquei sem chão, perdi o norte.”

A cidade, sobretudo, é o universo onde o poeta canta e decanta seu sofrer e seu êxtase, com toda sua urbanidade de conquistas e de perdas:

Esparramo-me pelas ruas da cidade,
Em meio a flores e espinhos.
Vou além de minha própria vontade…

Sua Pelotas de cotidiano e Caçapava de nascimento amalgamam-se aos textos, às sensações acesas.

Em Poemas urbanos temos numa alma cheia de vida e ímpetos, a qual se expõe e se joga de cabeça no mundo, nas horas, na literatura. Com talento. E isso é dizer tudo.

Rossyr Berny – Editor
_
Dados técnicos

Autor: Daniel Marques Moreira
Livro: Poemas Urbanos
editora: Alcance
ISBN: 978-85-7592-172-2
– Porto Alegre : Alcance, 2009. – 112p.

E-mail para contato e compra: danielmm_db@hotmail.com


O valor de capa é R$ 15,00

12 comentários:

  1. Parabéns Poeta
    Bom demais lêr bons textos
    Quando não se consegue dormir
    Acalma o espirito...
    Tenhas um bom dia
    Regado de muito amor

    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  2. o piquete que curta as ruas, os montes do lixo nos diferentes bairros, a carencia do sentido de prójimo, a liberdade dosificada....obrigado!

    http://www.facebook.com/profile.php?id=1150142584

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida alguma o complexo de feiras do Ver-o-Peso. Ali você senti o cheiro e o gosto da poesia feita de carne e osso. Parabéns pelo livro, Daniel.

    abraços,

    walter.
    http:/versorascunhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O asfalto quente, as formas frias, a sujeira e os movimentos paradoxais e pré-programados da população.

    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=7238080745542424151

    ResponderExcluir
  5. Na minha cidade há pouco de poético. Talvez o mais poético vê-se em meu bairro, distante do centro, de tudo, onde é possível ver o amanhecer e o anoitecer perfeito e belamente.

    Meu orkut > http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=8631595190864056020

    ResponderExcluir
  6. O entardecer no cenário postal do "Banhado" de SJCampos, onde tudo se encontra, o dia / a noite, a favela / os prédios luxuosos, o viciado / as freiras, a polícia / o traficante... Cenário dúbio e poético.

    ResponderExcluir
  7. Na minha cidade há muitos poetas e muita poesia e a maior delas é o nosso rio. "Piracicaba que eu adoro tanto, cheias de flores, cheia de encantos,...."

    ResponderExcluir
  8. No mundo atual existem poucos poetas e menos ainda poesia nos lugares. Só os poetas possuem a capacidade de criar um novo mundo onde se possa viver em completa paz, e você e eu Daniel, possuimos esse grandioso e maravilhoso dom!
    O meu Rio de Janeiro está numa situação que é quase impossível transitar nas ruas sem que você sofra algum tipo de violência ou assalto. E, em meio de tantas coisas ruins, es que surge pessoas como nós, iluminadas por Deus, fazendo com que um triste mundo real, transforme-se em um mundo colorido e cheio de felicidade.
    A maior riqueza que o mundo possui são os poetas que tentam com seu incrível dom, alegrar a vida de muitas pessoas carentes e necessitadas.
    E, com tão poucos lugares que nos fazem viajar, que verdadeiramente nos fascinam, é o Pão-de-Açucar. Uma maravilha de morro, cheio de encantos e que, assim como as poesias, quando andamos de bondinho, nos faz sonhar, flutuar, sair da Terra, e talvez até de constelação.

    -----------------
    Se eu ganhar, será um grandioso presente de aniversário. :)
    Parabéns, Daniel!

    Nome: Evellyn Ponciano
    Data de Nascimento: 22/02/1997
    E-mail: evellyncalypso@gmail.com
    Orkut: evellyn_calypso@oi.com.br

    ResponderExcluir
  9. Bahia a terra das inspirações..
    Olho o mar quero escrever
    Vejo o sol radiante me caminho a imaginação
    Povo batalhador que tem sangue de artista
    Pelas ruas tem escrito suas histórias

    O que há de melhor?
    A eterna sabedoria que se esconde
    nas entranhas de seu povo!

    ResponderExcluir
  10. As praias, o pôr-do-sol e o artesanato. São para inspirar, suspirar e aproveitar!

    Nome: Leonice Campelo
    E-mail: leonicecampelo@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. PARABÉNS PARA A LYS SILVA, A CONCORRENTE DE NÚMERO 6!!

    ResponderExcluir