I Concurso Literário Benfazeja
em torno do que amamos: livros e literatura

Gaspar Milionário - Minimetragem e Roteiro Original


"Um simples e inesperado envelope pode mudar a vida enfadonha do pobre Gaspar. Ou não!" - Minimetragem de Gilberto Mendes, Thiago Carvalho e Ariel Aguiar. Com: Gilberto Mendes, Thiago Carvalho, Stevan Zanirati, Gaspar Corrêa e Ruth da Silva. Realizado pela Taberna Filmes na Oficina de Minimetragem 2010.

Por  Giselle Jacques
Roteiro Original do Minimetragem:


GASPAR MILIONÁRIO


Cena 1 – int / dia – escritório

Vemos o jovem concentrado, sentado em sua mesa trabalhando, quando seu chefe grita pedindo um café.

CHEFE (off)
Gaspar traz o café.

Quando o jovem tenta se levantar, alguém passa e larga uma pilha de pastas sob sua mesa. Gaspar fica com uma expressão triste e preocupada, olha para o relógio e vemos que São 17h50min.

GASPAR (off)
Droga, eu já devia estar em casa.

Mesmo tendo trabalho acumulado, Gaspar dá um jeito de escapar do escritório, deixando os papeis em sua mesa.


Cena 2 – ext / dia - rua

Vemos Gaspar saindo do prédio*.
Ele está aparentemente estressado. Passa a mão no cabelo e um mendigo o que está deitado no chão o assusta e pede esmola. Gaspar quase pisa em cima do mendigo, pois não o havia percebido.

MENDIGO (off)
ÔÔÔÔÔÔÔ, moço! Me dá um trocado aí?

Gaspar dá umas moedas e o mendigo reclama tocando as moedas no chão.

MENDIGO (off)
Só isso? Ahhhhhhh

Gaspar sai caminhando, meio apressado, aparentemente atrasado.


Cena 3 – ext / dia – rua

O telefone de Gaspar toca e ele atende.

CHEFE (off)
Ô Gaspar, tem um cara aqui no escritório
querendo falar contigo.

GASPAR
Eu não posso voltar,
tenho um compromisso importante.

CHEFE (off)
Mas o cara disse que é urgente
e eu preciso fechar o escritório,
vem já pra cá se não eu te demito!

GASPAR
Puta que pariu!


Cena 4 – int / noite – escritório

Vemos Gaspar entrando no escritório. Seu chefe e dois homens o aguardam.

CHEFE
Tá, vamo logo que eu to com pressa,
resolve logo isso que eu preciso
fechar o escritório.

Um dos dois homens que o estavam esperando se identifica como advogado do Dr. Gasparetto*

HOMEM
Eu sou o advogado do Dr. Gasparetto,
seu tio em 3º grau. Infelizmente o
Dr. Gasparetto veio a falecer.

Gaspar fica surpreso.

HOMEM
O Dr. Gasparetto lhe deixou isto.

O homem lhe mostra um envelope. Gaspar fica feliz e se exalta, destruindo todo o escritório, derruba os papéis da mesa e arranca a peruca do chefe.

GASPAR (off)
Tô rico! Tô rico! Tô rico!

Gaspar olha para o chefe.

GASPAR
Eu não preciso mais agüentar teus desaforos!
Eu me demito. Porra!

Gaspar sorri e começa a abrir o envelope, convicto de que recebera uma boa quantia em dinheiro e surpreende-se, quando vê que no envelope havia uma foto constrangedora de sua infância, uma recordação de família.


FIM

Nenhum comentário