Novidades

Autorretratos de Cristiane Grando em versos


Por Cristiane Grando.


autorretrato
metade de mim é gato
e a outra, ágata

de um lado
dura como a rocha



do outro
um gato místico deslumbrado

com a música das palavras



jardim de janeiro
às vezes sou galo
acordo às cinco
e canto

outras vezes sol
às sete desperto
escrevo e choro




autorretrato à moda de Clarice Lispector
tímida ousada

mínima de olhos
nas fotos




autobiografia em três tempos

origem unicelular
alma lunar e planetária
pedra, poeira cósmica e vento

nebulosa
cometa cintilante descobrindo o cosmo
aquosa, líquida, tímida feroz

espessa nuvem interestelar em núcleos de galáxias
vibrante energia transcendente, tremendas inquietudes
de sistemas estelares num espírito grave

compactar a duração em meu DNA
e em poucos versos

ondas de possibilidades: euniverso
há bilhões de anos da origem

Do livro “Titã”





tenho medo dos terremotos;
sou filha destes movimentos que moram desde sempre
em minha paisagem

Do livro “Fluxus”




?

A Taylor van Horne
e em homenagem
aos poetas do desassossego



há uma parte da vida que me apavora
este desassossego entre árvores e águas
segredos, sinos, mistério

um não sei o quê
calmaria e turbulência

sair e ao voltar querer sair querendo ficar

nos braços ou no ventre?

é noite, noite
no rosto o vento veloz
vento, nuvens:

o júbilo, o Nada, o sem nome, o Nunca Mais


Do livro “Caminantes”


*
Créditos da imagem:
o gato olha, eu olho, tu vês, por Catarina Krug.

2 comentários:

  1. Você é muito legal, adorei as suas postagens!
    ♥ღ Mulheres Que Amam Errado ♥ღ
    http://mulheresqueamamerrado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    adorei seu blog!
    continue postando!
    Otimo Fds!

    to voltando hj da uma passadinha la no meu blog ok!
    http://comofaizz.blogspot.com/

    ResponderExcluir