Novidades

Quando Gautama diz não saber





Conto, por Gil Rosza.


Dizem que na mesma época em que Sidarta Gautama estava para se tornar o Iluminado, havia no sul do país, um outro sadhu, também considerado santo, sábio e igualmente em condições de se tornar um Buda. Curiosamente, um não sabia da existência um do outro até serem convidados por um governador de província a fim de terem sua sabedoria testada, não por um experiente escriba ou um asceta, mas pela filha de 12 anos do regente. A menina se aproximou dos dois e colocou um pequeno cágado nas mãos de cada um deles, em seguida perguntou ao primeiro:



_ O que acontecerá se você o soltar?

_ Ele cairá. Afirmou o sadhu.

_ Solte-o! Ordenou a menina.

Ao abrir a mão, a criatura ficou pairando no ar.

A jovem em seguida, caminhou até Sidarta e fez a mesma pergunta. Ele olhou-a fixamente nos olhos e respondeu;

_ Eu não sei!

Ao dizer isso, a criatura que pairava caiu batendo com o casco no piso do pátio. Sidarta então devolveu para a menina o pequeno animal que havia permanecido seguro o tempo todo nas mãos dele.

*

Do livro: A Confraria dos Faunos.

**
Créditos da imagem:
Ilustração Cherry Blossom at Yanaka woodblock, por Rey Morimura

Nenhum comentário