Novidades

Benfazeja Revista - Julho





Julho foi um mês especial, com toda certeza! À beira de completarmos nosso primeiro aniversário, publicamos, entre outros importantes trabalhos, a segunda parte da entrevista com o poeta Salgado Maranhão. Poeta, este, que acaba de ganhar o prêmio ABL de Poesia com o livro “A cor da palavra”. Parabéns especial à prof. Iracy Conceição de Souza, que conduziu esta brilhante entrevista e que nesses onze meses tem se esforçado incansavelmente para tornar o nosso site cada vez mais relevante.

Na entrevista, Salgado Maranhão abre sua obra com sinceridade e consciência (e lembra, de certa maneira, a proposta do livro ‘A Obra Aberta’, de Umberto Eco e o artigo ‘A Filosofia da composição’, de Edgar Alan Poe). “Em mim, o primeiro momento é o da vertigem. Algo me impacta e as palavras começam a jorrar uma melopéia deliciosa.” E contínua: “o momento de epifania é só o começo, a partir daí, inicia-se outro labor seletivo que, não raro, desqualifica o que foi escrito antes. É nesse segundo estágio, da poda, que o poeta demonstra o seu refinamento, seu conhecimento da matéria. ” Por fim, concluí: “De um modo geral, eu trabalho de forma sistemática as três categorias do velho Ezra: a Melopéia, a Logopéia e a Fanopéia. Para tornar um poema digno desse nome, há que se ter a argúcia de um ourives.” Há, nas entrevistas, outras passagens fantásticas. Verdadeiras aulas sobre a estética de uma obra.

Outra seção que tem chamado muito a atenção e nos rende elogios é a Escrita Criativa, redigida por Carolina Bernardes. No artigo Entre o antigo e o novo: a re-escritura literária , a autora percorre a tênue linha que separa o que é influência do que é novo nas criações literárias. A técnica de mosaico usada por ela como metáfora foi perfeita, pois ambos são fragmentos do passado que formam um ‘novo’. E o seu outro texto, Relações familiares na escrita literária: da assimilação à recriaçãosegue a mesma linha do primeiro, mas assume que, mesmo com alguma variação de grau, todo texto traz em si uma herança lingüística e isso já é uma fonte de intertextualidade. Os artigos convidam os leitores (escritores) a uma reflexão sobre as obras e autores que os influenciaram até então, e também a trabalharem essas influências de maneira consciente daqui por diante.

Na seção de 
poemasCaraguejúnior voltou com a sua poética de guerrilha, “atirando versos e arremessando poesias molotov pelo ar!”. Flá Perez  e Marcio Rufino apresentam poemas repletos de descobertas e sensualidade. Ianê Melo vaga pelas grutas de sua poesia, ora tateando ora vislumbrando com surpreendente clareza: “escrever é rasgar os véus”. Seguindo o caminho das descobertas, publico, mais uma vez, poemas do meu início nas letras . Superando, ainda tímido, as pieguices dos primeiros versos, resgatei lá o que ainda trago em mim agora – o ancestral comum ou elo perdido com o poeta de hoje. E Cristiane Grando, no primoroso trabalho 'Peru', retribuí parte dos presentes que a américa latina lhe deu ao longo desses anos.

Publicamos, ainda, muita prosa. Os marcantes contos de 
Valentina Silva Ferreira e as crônicas diretas de Mariana Collares. Os contos sobrenaturais de Johannes Dudeck e de Celly Monteiro, que coordena a seção de contos Fantásticos. Também os pequenos milagres cotidianos registrados nos contos de Gil Rosza, e a crônica poesia de Marcelo de Sousa.

Na exibição de 
curtas-metragem,  Giselle Jacques, em nome do site, fez uma parceria com o site porta-curtas Petrobrás . A cineasta já acionou o recurso e publicou alguns curtas e escreveu artigos relacionados às obras escolhidas. Ótima pedida para quem gosta de saber detalhes e nuances que geralmente passam desapercebidas dos olhos menos treinados.

Tenham um ótimo Agosto, amigos! E quando voltarmos com a próxima revista já estaremos em nosso segundo ano de publicações.

Coordenador geral
Adicione os nossos perfis e comunidades












Participe do Site -   Divulgue seus links -   Concursos Literários





Coordenador Geral: Wellington Souza
Coordenadora da seção Conversas Literárias: Iracy de Souza
Coordenadora da seção Escrita Criativa: Carolina Bernardes
Coordenadora da Fantástica (contos): Celly Monteiro
Coordenador da Ecos Poéticos (declamação e poesia sonora): Caranguejúnior
Coordenadora da Videoteca:  Giselle Jacques


Colunistas:





JULHO  -



CONTOS




Hereditário




Conto, por Wellington Souza "Não estou falando que não se deva amar outra pessoa, sim ama-se, mas depois paga-se a vai para casa. " Qual meus pais, sou...

O erro




Conto, por Johannes Dudeck. A magnífica bola azul com partes acinzentadas reluzia perfeitamente sobre a mão iluminada do Ser. Em meio aquela escuridão ele a girava majestosamente entre...

Setembro




_Que cara é essa? _ Pensando... _ Sobre... _ Sobre como as coisas estão ficando diferentes... _ É eu sei... _ [ ... ] _ Também não sei...

Trocas




Conto, por Valentina Silva Ferreira. Tenho sonhos flamejados em mim. Antigos, novos, uns ainda por vir. Sonhos meus, ou que nem me pertencem - mas se são dela,...

Vicente, A noite e Sebastião




Conto, enviado por Harlon Homem de Lacerda Sousa Sob a luz forte dum candeeiro, Vicente lia seu romance. Não que ele o tenha escrito. Ele apenas o reescreve...

Chernobyl




Conto para a seção Fantásticos, por Ryan Honório*. Na noite de 26 de abril de 1986 a quase exatos vinte e cinco anos. O reator central da usina nuclear...

O último domingo boreal




Conto, por Gil Rosza. Quando chegou na sala ele estava no sofá, tomando café e assistindo TV. Sentou-se, recostou a cabeça no peito dele e perguntou como estava....

Biológica obsolescência




Conto, por Celly Monteiro. Naquele dia ela bateu à sua porta cedo, não tão cedo que já não estivesse acordado. Acordava com as galinhas, e ficava ansioso que...

Jantar em família




Conto, por Valentina Silva Ferreira. "...apenas aquele sorriso que, conforme o humor de quem o recebia, poderia ser bonito ou irritante. " - Passe-me a mão direita, mãe. A...

O poder da palavra




Conto, por Ianê Mello Palavras... palavras.  Palavras jogadas ao vento. Palavras ditas ao relento. Palavras sem sentido. Palavras certas, precisas e adequadas. Palavras que destroem, que ferem e...


CRÔNICAS



Num dia Chuvoso




Crônica, por Ianê Melo Chovia... Era uma chuva densa, de pingos grossos. Daquelas chuvas de verão que nos pegam de surpresa, sem nenhum guarda-chuva na bolsa. A roupa...

A Melhor Flor dos Piores Tempos




ou... Cavando Abismos, Construindo Pontes Crônica, por Marcelo Sousa Acostumei-me ao rebuscados meneios da poesia. Mal costume, devo dizer. Porque a cada dia que passa tenho que ser...

Carta




Devaneios, por Mariana Collares. Bento, noite de 06 de dezembro de 2004. Tanto tempo passou... ...e eu aqui. Ainda. Atormentada. Com os dias passando os dias. Uns projetos...

O colocador de pronomes e a porteira fechada




Crônica, por José Cláudio (Cacá) Aldrovando Cantagalo é um personagem de um conto de Monteiro Lobato, O Colocador de Pronomes. Nasceu e morreu devido a erros de gramática....

Tempo-Deus




Tempo-deus de todas as coisas, aos teus pés me ajoelho... Meus devaneios não se estreitam em determinados estilos literários. Na verdade, e para a maioria, não consigo catalogar...

A Fragilidade da Vida




Crônica por Ianê Mello Hoje, a angústia se fez minha companheira ao fitar um prédio em chamas. Prédio próximo à minha residência. Podia vislumbrar as chama através de...

Gaduzeando




Crônica, por Mariana Collares. Maria Gadú veio e me enfeitiçou. A mim e a milhares de pessoas que lotaram o Teatro do Sesi, em Poa, para vê-la e...




POEMAS



Poemas, 'início' ou '2003'




Poemas, por Wellington Souza. "em que uma criança paralítica vê as outras jogarem bola." No ano de 2003, em que fui morar em Ribeirão Preto, foi também quando...

Ecos Poéticos VI




Tá aí mais uma seção de Poesia sonora))) decibéis de palavras aos ouvidos... Poesia na cabeça e no pé! Evoé!! Por Caraguejúnior. QUANDO FICO DE PAU DURO By...

Moça




Um poema feito a quatro mãos... Por Thauan Raposo e Marcelo Sousa. Rio de Janeiro, Junho de 2011. Moça, mesmo que eu vá agora Saiba que não vou...

O Ato Da Criação




Poemas por, Ianê Mello O Poema Poema quando surges urges urgências imediatas és apressado e deslizas em palavras que escorrem no papel Inexatamente exato és perfeito imperfeito sendo...

Peru, poema de Cristiane Grando




Por Cristiane Grando. Acróstico “Unión de Países Iberoamericanos” A Karen e Marco A. Hinojosa Um país amigo. Nascido na América do Sul e nobre como seu Nobel Vargas...

Marcio Rufino, Poemas




Poemas, por Márcio Rufino. Amor Anormal Sentir o proibido não é nada Pior é aceitar o proibido Num rumo qualquer de estrada Ou na dolorosa manha da libido....

Novos poemas de Flá Perez




Poemas, por Flá Perez. Evolucionismo ( Evolu(vel)ção) Sou um animal extremamente irracional e eficiente. Instinto, efeito hormonal, que seja: escolhi macho saudável, novo, belo com gens à flor...

PÔ ÉTICA!




Poemas, por Caranguejúnior Aqui, neste cantinho de Bits, Bytes, Gigas e placas maternais, digito esses pedaços de palavras, para que você (é você aí mesmo) passe sua íris,...


Artigos e entrevistas




A REINVENÇÃO DO DIZÍVEL na poesia de Salgado Maranhão - Parte II




Entrevista com o poeta Salgado Maranhão, por Iracy Souza. Confira a primeira parte aqui.. (...) E no caso do Dimuro, seu poema me pegou de surpresa, e de...

Relações familiares na escrita literária: da assimilação à recriação




Artigo para a seção Escrita Criativa, por Carolina Bernardes. Dentre todas as artes, a literatura é talvez a que coordena o máximo de partes ou de fatores independentes:...

Entre o antigo e o novo: a re-escritura literária




Artigo para a seção Escrita Criativa, por Carolina Bernardes Os leitores podem perceber que os artigos publicados nesta coluna de Escrita Criativa, ao mesmo tempo em que lançam...

Por uma leitura melhor




Artigo,por Rommel Werneck. Se existe algo que me preocupa muito na atualidade são as famosas campanhas de “incentivo” à leitura promovida por ONGs, entidades sociais e editoras. Dizer...



AUDIOVISUAL



Crescente




Vídeo-poema, por Ianê Melo * Créditos de imagens: Sr.do Vale ( Blog Partículas de Sentido) ...

Passos




Título: Passos Gênero ExperimentalDiretor Marcio de AndradeMini-metragem: 35mm, 1 min., cor, Rio de Janeiro, 2002.Parceria de exibição: Porta Curtas Petrobrás Vida alheia O minimetragem Passos vem mostrar como...

Como é Filme Livre?




Título: Como é Filme Livre?Gênero ExperimentalDiretor Christian CaselliCurta-metragem: Vídeo, 3 min., cor, Rio de Janeiro, 2006.Parceria de exibição: Porta Curtas Petrobrás “Eis aqui finalmente a explicação mais legítima...

Primal




Título: Primal Gênero ExperimentalDiretor Cesar A. GananianElenco Jairo Pereira, Natália DaviniCurta-metragem: Vídeo, 4 min., cor, São Paulo, 2004.Parceria de exibição: Porta Curtas Petrobrás Tribalismo O curta-

Nenhum comentário