I Concurso Literário Benfazeja
em torno do que amamos: livros e literatura

Do amor




por Cristiane Grando.


o amor
a Rodrigo Petronio

um tormento indomável
onda, tremor, tsunami
furor divino quando o eu se estilhaça
para ser um outro

branco e vermelho se dissolvem
em terra, água, vento, fogo

delírios de um anjo que alça vôo
com os auspícios de um demônio

Do livro “Titã”



um velado voar de moscas reluzentes

a cidade caótica
em seus estreitos limites
acolhe o espetáculo constante
de moscas carnívoras copulando

o macho malandro
oferece às fêmeas felpudas
bolinhas de algodão
presentes imaginários
promessas

e alimento
- poupando-lhes o trabalho de procurar comida
para que tenham mais tempo ainda
para o sexo -

outras paixões tem a fêmea

numa cerca imaginária
seu desejo maior é o de ser presa

Do livro “Titã”



no espelho do tempo

A Roberto Matta, in memoriam

arte, palavras, ar, amor
a que mais pode um homem aspirar?

asas translúcidas azuladas
sonhos que tecem um novo tempo

um voo de seres luminosos, flutuantes

a essência do amor:
aquilo que verdadeiramente amas
permanecerá doce e eterno na lembrança

Do livro “Caminantes”

*
Créditos da imagem:
Cristiane Grando

Um comentário:

  1. Maravilhosos poemas, Cristiane, principalmente "um velado voar de moscas reluzentes". Forte e cheio de significados.

    ResponderExcluir