Novidades

Poemas Musicados

por Ianê Mello.


PORTA FECHADA


















Eu grito
grito para as paredes
que não respondem
grito para ouvidos
que são surdos...


entre quatro paredes
aprisionada
sem janela para respirar
e uma porta fechada
um corpo fechado
na dor de ser


grito...
um grito sentido
um grito catártico
um grito de dor
um urro animalesco


mas a porta fechada
não se abre
...
meu grito não será ouvido


longe de tudo
longe de todos
tão longe que nem sei
aonde eu estou
longe até de mim mesma
do que em mim reconhecia
nisto em que me tornei


- SOCORROOO!!!!!!!!!!!!
Preciso que me escutem!


não, ninguém pode escutar
todos estão muito longe
todos estão alheios 
dentro de si mesmos
... encimesmados


Grito, grito, grito...
até calar minha própria voz 
que vem de dentro
até gastar as palavras...


Grito até perder a voz


mas todos estão tão longe
você está tão distante
sequer me vê
tampouco me ouve


mas grito mesmo assim
o que me resta
além do grito?


essa angústia no peito
essa dor que me consome
essa vida que não me vale?


Porque continuar a luta
porque acreditar
em que acreditar
em quem?


Meu grito ecoa
grita dentro de mim
reverbera em meu corpo
ensurdece a mim mesma
mas em vão...

...

ninguém escuta...


meu grito se vai 
no vento
em parte fora
noutra parte dentro
em mim


são palavras vazias
que se perdem 
no silêncio
que me devora

...

me encolho num canto
entre quatro paredes
sem janela para respirar
e uma porta que permanece fechada


uma lágrima escorre 
sobre minha face
sinto seu gosto
em minha boca entreaberta


...


me calo.


Ianê Mello


*

Inspirado na música Meu Coração (Arnaldo Antunes)



*


Crédito de Imagem:  Fotografia de Pavel Mirchuk



UM DIA PLENO




Um dia perfeito...
Um dia qualquer,
mas diferente


de todos os dias,
dias tão iguais! ...


Outro dia,
apenas um dia,


em que eu pudesse sentir
no meu coração a pulsar
a alegria de estar viva.


Em que minha alma


pudesse estar em paz
e meus olhos ao se abrirem


pudessem enxergar
tudo, tudo diferente...


Outra realidade
menos morta...
Outra realidade...


Um dia perfeito...
simples e unicamente um dia,
onde a paz fosse meu conforto.


Onde um sorriso
brotasse de meus lábios...
docemente.


Onde meus olhos,
já cansados,
 enxergassem além...


Ah, meu Deus,
como eu queria
poder viver esse dia!


Não mais que um dia,
apenas um único dia,
que de tão pleno me contentaria
e me deixaria fechar meus olhos

...


suavemente, num suspiro...

adormecer ...


Ianê Mello


*

Inpirado na música Perfect Day (Lou Reed)




*


Crédito de Imagem: Foto de katzehelena

Nenhum comentário