Novidades

Compartilhar



Crônica de Mariana Collares.

Junho longínquo.
Tarde de sábado.
Café da Livraria Cultura.





Cena peculiar neste lugar:

Um casal aguarda uma mesa. Muita gente em meio aos livros, em meio aos discos e filmes. Tudo está lotado. Uma placa em amarelo e preto adverte os clientes do café que o uso das mesas não é exclusivo e deverá ser compartilhado, sempre que necessário. O casal aguarda.

Sentou, há pouco, outro casal em uma mesa com quatro lugares. O homem se dirigiu ao balcão e pedia algo para o consumo.

Neste mesmo momento, uma garçonete se dirige ao casal em pé e pergunta se eles se importam em dividir uma mesa. Eles prontamente dizem que não. A garçonete, então, se dirige à mesa ocupada pelo outro casal e questiona a senhora se esta se importaria em compartilhar os lugares vagos. A mulher, subitamente, irrompe em desaforos, brande seus gritos pelo lugar, acha um absurdo algo assim. Depois esperneia, fumega, range os dentes e sai andando, levando pela mão o marido, que saiu em meio ao pedido.

O casal que aguardava a mesa ficou estupefato. Eu mais ainda. E para piorar resolve então brandir também o seu pesar com as garçonetes do café, chamam a ideia de compartilhar de “falta de educação”, reverberam em desatinos e numa moral que desconheço, e dez minutos depois pedem um café com torta na mesa ao lado, sozinhos e agora bem mais calmos.

O mais incrível é que tudo isso ocorreu sem que quase ninguém observasse. Enquanto a cena se desenrolava, ninguém parou de ler, de conversar, de comer e beber.

Ninguém notou que uma guerra civil quase começava por causa de um espaço junto a uma mesa de bar...

4 comentários:

  1. O mundo me surpreende,ainda que eu ache que não será possível.

    ResponderExcluir
  2. Olá Deanna,o mundo sempre me surpreendeu. E, sinceramente, acho até que isso é bom. O dia em que não nos assustarmos com mais nada, é porque já estamos embrenhados no absurdo do mundo.:)
    Abração! M.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tinha pensado sob essa ótica. Faz sentido =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. :) um grande abraço e seja sempre bem-vinda!

    ResponderExcluir