Novidades

As coisas todas





Crônica de Rafael Alvarenga

Agora é pleno inverno. E eu não sei o que acontece com as coisas. As mangueiras aqui da minha rua – são duas – deram a pipocar em frutos. Tudo bem são apenas bolinhas esverdeadas e duras. Mas daí a pouco todas estarão amarelas e doces. E alguém as apontará exclamando: Quanta manga!

Também aqui na minha rua há crianças. E hoje elas entardeceram brincando de atirar pedras. Dividiram-se em dois times, foi o que me pareceu. Uns atiravam pedras nos outros. Eu queria aconselhar de modo que elas desistissem daquela prática. Entretanto as crianças sorriam tanto. E suas bocas se alargavam tanto em um riso falado. E pareciam tão felizes. Eu não sei o que acontece com as coisas. Todavia fiquei com certa vergonha de avisar que em algum momento a dor pode acabar com toda a felicidade.

Em seguida entrei no ônibus. Sentei do outro lado. Do lado onde nunca sento. Vi coisas tão diversas. Cheguei a duvidar se tomara o ônibus certo. E até quis estar indo para um lugar desconhecido, conquanto que não tão distante.

Há um tempo vivi isso. Todavia de repente reconheci algo. Não gostei de reconhecer, porque era como nada a me acrescentar. Em todo caso fiquei calado. Afinal eu não sei o que aconteça com as coisas. Sobretudo o que acontece com as coisas que vejo.


Biografia
Rafael Alvarenga é professor de filosofia. Trabalha com literatura há oito anos. Escreve para os períodicos Jornaldototonho.com.br; Arazamundo.com.br; Jornal Náutico Convés; Lancenet.com.br; jornalarazabuzios.
É autor do livro infantojuvenil Dia e noite no jardim, publicado em abril de 2012. Atualmente o autor prepara o lançamento do seu segundo livro, Te Conto, previsto para dezembro do mesmo ano.

Primeiro livro de Rafael Alvarenga, a fábula, DIA E NOITE NO JARDIM, representa o cotidiano de pequenos bichos que vivem entre o jardim e a casa. Questionadores, os animaizinhos repensam seus hábitos. Analisam se as mudanças sofridas por eles, a partir do contato e da dependência, cada vez maiores com a casa e seus costumes, estão lhes fazendo bem. Dessa forma, examinam o modo de vida da casa - dos humanos - e do jardim, neste caso, o deles próprios. Enfim, uma obra infantojuvenil disposta a discutir problemas e valores tais como hábitos alimentares, vida saudável, beleza e progresso.

O livro de 87 páginas tem ilustrações de Renato Couto Alves e revisão de Noob Jão da Cruz e custa R$ 15,00!
Compra: teconto@yahoo.com.br

Facebook


De dentro do onibus, por Marquinho

Nenhum comentário