Novidades

Sentinela



Poema de Rica Matsu.

Enchi seu coração
de palavras.
Doces, confeitadas.
Disse isso, aquilo
e mais um pouco
disso.

Eu não lhe disse
palavras meio-amargas.

Toma mais um pouco
de chá de oração.
Acompanhado de meu
louvor.

Pra te encher
mais de palavras.
Busquei dicionários.
Devorei livros.

Destilei da memória
dos antepassados
o gosto salgado da minha
inquietação.

Mais lembranças pra
ouvir.
Não lamentos a escutar.

Mais palavras...
Mais palavras...
E já não preciso mais de preposições.

Quero coração alma
espírito.
Meu descanso
lençol travesseiro.

Divide não palavras vida.
Cor oração ação ar.



Biografia
Rica Matsu é publicitário. Nas horas horas vagas tira onda de músico. E agora, também, de escritor. Onde já se viu, pode isso produção? Japonês por descendência, africano por consciência e brasileiro por insistência. Este cara é feito de carne, osso, amor e arte. É mineiro, balzaquiano, radicado em Brasília/DF.
Em processo de composição de seu primeiro livro de poemas e crônicas para publicação. Blog * @ricamatsu * facebook


Crédito da Imagem: Olhares.pt
Palavras, por Txocolatxi

Nenhum comentário