Novidades

Agradecimento a um nobre sentimento






Conto de Camila Heloíse

Obrigada amor, pelas vezes em que fui ferida, e você, com tuas mãos generosas me levantou do chão e me incentivou a continuar. Continuar é sempre tão difícil quando parece que não há mais portas abertas e nem janelas ou qualquer saída extra. Obrigada amor, pelas vezes em que abençoou meus dias com esperanças novas, quando eu me despia e me despedia daquelas velhas ilusões. Eu sei que foi sempre você, quem me ajudou a descolar da retina as mentiras que só eu chamava de verdade, e vivia cada uma delas gastando energia, tempo e vida.

Por me convencer, por me comover, por me acalentar, obrigada!

Obrigada amor, por beijar meus olhos fechados durante o sono, por contemplar cada uma das minhas lágrimas me fazendo aceitar, esvaziar e estancar a dor. Por não desistir de mim, mesmo depois de cada vez em que eu o deixei magoado e desisti de você. Por me ajudar a cuidar daquelas plantas no jardim, por me ensinar a falar com as flores e ajudá-las a florescer. Foi usando a tua voz, que convenci as tulipas a não desistirem.

Obrigada amor, por não reclamar quando eu repetia que jamais amaria outra vez, por tentar convencer a todos de que você não passava de uma mercadoria. Que só existia para vender mais bombons, flores e sonhos. Por me perdoar de rir daqueles que caminhavam ao seu lado, de mãos dadas e de coração aberto. Um jeito de caminhar que eu experimentei uma única vez e ficou no passado.

Por me acompanhar em noites de solidão. Por atender aos meus pedidos, sem questionar. Por me dar o que eu pedia, mesmo que eu não soubesse direito o que estava pedindo. Por vir em forma de mãe e me abraçar, em forma de amigo e me fazer rir sem motivo específico. Por ter sido pão, água e vinho quando pequei, quando fui desleal e petrifiquei no peito o teu verdadeiro significado.

Por me fazer entender, que mesmo sem alguém para amar, eu nunca estive e nem estarei sozinho. Você sempre esteve aqui, nos livros que li, nos filmes que vi e nos lugares bonitos que visitei e me fizeram sorrir. Esteve presente nos detalhes que salvaram meus dias frios, dias cinza e sombrios.

Obrigada amor, por ter sido a prova de que tudo na vida é impermanente, menos você. Que o tempo muda tudo e carrega as coisas para lugares diferentes que não podemos controlar, mas você será sempre um sentimento verdadeiro e um lugar confiável que não preciso saber onde fica, porque estará em qualquer lugar em que eu estiver, e acreditar.



Imagem retirada do site We Heart It.

Nenhum comentário