Novidades

Trismegisto



amanheço-me,

e já posso sentir as gotas
e o gosto de um deus todo feito
à minha semelhança e imagem
raiando seu tecido luminoso em torno
por entre e dentro de mim.

auroro-me,

porque tudo o que a noite traz
em sua vertigem de desespero
já não basta, não sustenta
nem dilacera este coração.

rebento-me,

flor aberta no pasto
hades repetalando os buracos
e os caules duplos da agonia

ergo-me,

girassol alucinado
vertendo em preces
o mais puro caldo da manhã.

danço-me,

e assim se faz a profecia.


Willian Delarte

Autor do livro Sentimento do Fim do Mundo (Patuá, 2011). Tem publicações em diversas antologias. Foi co-editor da revista Rebosteio Digital"

Blog


*

Créditos da imagem: Willian Delarte

Nenhum comentário