Novidades

As sedes





A noite

bebe com mil línguas
minha noite estilhaçada

é quando creio
em tudo o que fere

o flanco a flecha a curva

amorosa do arco





Engenho

não tenho jeito com violetas

- tão delicado o engenho
de água e flor

é só meu este beber de mãos
sobre uma sede que não há





Três

você ouviu bem, meu amor
três navios partiram
em direção ao rochedo

mas não pergunte sobre o mar
e as bocas entreabertas
à mercê de naufrágios

entenda os desertos
a sede compartida
a metafísica das águas

: beba



Créditos da imagem: (pode deixar que eu preencho isso)
O copo, por Miguel Cordeiro

Nenhum comentário